Estado e Igreja

LiberdadeReligiosaLivroNegro

Há 150 a 200 milhões de católicos perseguidos no mundo, afirma o Livre noir de la condition des chrétiens dans le monde, uma produção católica – mas Estado e Igreja gostaria de verificicar a fundamentação para o caso sírio (para ampliar, clique na imagem)

As relações entre o Estado e a Igreja continuam em 2015 a ser cruciais para a marcha da humanidade. É esta a principal conclusão do relatório anual de Estado e Igrejas sobre a relação mundial e portuguesa entre as duas instituições, em 2014. Como em anos anteriores, a principal fonte do relatório é a imprensa de informação geral.

A centralidade política do fenómeno religioso ressalta das palavras deTony Blair, o contestado ex primeiro ministro britânico: «O extremismo religioso está na raiz das guerras do século XXI»(The Observer, 25 de janeiro de 2014). A confllitualidade estatal de origem religios manteve-se. No budismo emergiram reações antimuçulmanas…

View original post 3,506 more words

Advertisements